×

Contato

×

×

×

×

UF ×

×

Informe o código de verificação abaixo antes de enviar o formulário

25 Mar
0

 

Questionada pelo jornalista Andrei Lara, a Prefeitura de Angra dos Reis disse que não seguirá as orientações do presidente Bolsonaro. Na noite de ontem, 24, Bolsonaro afirmou que governadores e prefeitos que adotaram medidas de quarentena põem em risco a economia com uma política de "terra arrasada".

"Algumas poucas autoridades estaduais e municipais devem abandonar o conceito de terra arrasada. A proibição de transporte, o fechamento de comércio e o confinamento em massa", disse o presidente em discurso transmitido por rede de rádio e televisão.

"O que se passa no mundo tem mostrado que o grupo de risco (da Covid-19) é o das pessoas acima dos 60 anos. Então, por que fechar escolas?", questionou Bolsonaro, horas depois de o governo de São Paulo, o estado mais rico do país, adotar uma quarentena de todos os serviços não essenciais.

Bolsonaro voltou a criticar, como já tinha feito em várias ocasiões, o que considera uma "histeria" da mídia sobre a pandemia e reiterou que o Brasil tem uma população muito jovem e clima quente, condições que seriam pouco favoráveis para a propagação do vírus, ao contrário da Itália, que se tornou o principal foco da doença na Europa.

Até ontem, o Brasil tinha 2.201 casos confirmados do novo coronavírus e 46 mortes.

 

"Algumas poucas autoridades estaduais e municipais devem abandonar o conceito de terra arrasada. A proibição de transporte, o fechamento de comércio e o confinamento em massa", disse em discurso transmitido por rede de rádio e televisão.

"O que se passa no mundo tem mostrado que o grupo de risco (da Covid-19) é o das pessoas acima dos 60 anos. Então, por que fechar escolas?", questionou Bolsonaro, horas depois de o governo de São Paulo, o estado mais rico do país, adotar uma quarentena de todos os serviços não essenciais.

Bolsonaro voltou a criticar, como já tinha feito em várias ocasiões, o que considera uma "histeria" da mídia sobre a pandemia e reiterou que o Brasil tem uma população muito jovem e clima quente, condições que seriam pouco favoráveis para a propagação do vírus, ao contrário da Itália, que se tornou o principal foco da doença na Europa.

Até esta terça, o Brasil tinha 2.201 casos confirmados do novo coronavírus e 46 mortes.

"Algumas poucas autoridades estaduais e municipais devem abandonar o conceito de terra arrasada. A proibição de transporte, o fechamento de comércio e o confinamento em massa", disse em discurso transmitido por rede de rádio e televisão.

 

"O que se passa no mundo tem mostrado que o grupo de risco (da Covid-19) é o das pessoas acima dos 60 anos. Então, por que fechar escolas?", questionou Bolsonaro, horas depois de o governo de São Paulo, o estado mais rico do país, adotar uma quarentena de todos os serviços não essenciais.

 

Bolsonaro voltou a criticar, como já tinha feito em várias ocasiões, o que considera uma "histeria" da mídia sobre a pandemia e reiterou que o Brasil tem uma população muito jovem e clima quente, condições que seriam pouco favoráveis para a propagação do vírus, ao contrário da Itália, que se tornou o principal foco da doença na Europa.

 

Até esta terça, o Brasil tinha 2.201 casos confirmados do novo coronavírus e 46 mortes.

×

×

×

×

×

Informe o código de verificação abaixo antes de enviar o formulário

Teste de alguma coisa

Voltar ao topo